Original

myfreecopyright.com registered & protected

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Não é mesmo!

Vale a leitura!
Ter filho não é pra todo mundo

(uma amiga postou no facebook, outra no seu blog, tb achei ótimo compartilhar...
Este texto traduz nossa escolha por eu estar junto ao Lucas integralmente até pelo menos completar 2 anos)

"Trata-se de uma escolha. E, como toda escolha, pressupõe que você abra mão de outras tantas. O que se propõe? A volta da mulher à condição de dona de casa? Também não. O que se propõe é a conscientização da paternidade e maternidade. A infância determina a vida de todos nós. Ela é fundamental para a existência humana. Na esfera psíquica, os primeiros dois anos significam a base da construção de uma personalidade saudável. A violência, a agressividade, a falta de ética, a amoralidade dos tempos modernos não são apenas fruto de dificuldades econômicas e sociais, mas da falta de amor, educação, limites."

4 comentários:

Pris Scheidegger disse...

Perfeito!! Bjsss

Adriana De Bona disse...

Também li essa matéria adorei.... Fui muito criticada quando sai do trabalho para me dedicar totalmente ao bebê...Mas não me arrependo e cada dia tenho a certeza que tomeia decisão certa. Bjus

Laudiane disse...

Faço minha as palavras dos dois coments acima.....amo ser mãe e não me arrependo de nada nunca bjus linda

A Julia disse...

Muito lúcido o texto do Dr. José Martins Filho. Oxalá todas as mães pudessem ter essa lucidez também, e compreendessem a tarefa que repousa em suas mãos!
Educar é algo que requer, acima de tudo tempo.

Vanessa, seja bem vinda ao blog "Torne Seu Filho Mais Inteligente".

Um abração!