Original

myfreecopyright.com registered & protected

quinta-feira, 22 de março de 2012

Conhecendo as escolinhas

Aí que desde a semana passada comecei a visitar as escolinhas da cidade com o Lucas.
Na visita de hoje

A primeira que fomos fica quase na mesma quadra que moramos, bem pertinho.
1) PeqM. [0 a 5 anos]
Foi bom pra eu sentir que o Lucas está pronto pra essa nova fase da vidinha dele. Super seguro e todo curioso, me encheu de orgulho ao ir no colo da professora e ficar numa boa na sala com os outros enquanto eu conversava com a diretora em outra sala. Não chorou nada, nem com a porta fechada sem me ver. Fiquei muito feliz. Mas esperava mais da escola pelos elogios que recebi dos pais. Achei a professora sem tato pra lidar com um aluno que não quis comer fruta. Ela me perdeu ao reclamar dele pra mim e rotula-lo como o que não gosta de nada.
2)S.Bent.
Fomos muito bem recebidos. Adorei o pátio, que é um ponto muito importante que considero, pois é onde o Lucas vai correr e brincar e gostaria de um pátio amplo com bastante brinquedos, areia, grama e lá tem um espaço muito bom. A escola é bem tradicional, coisa que eu gosto também. Colégio de freiras, que foram super queridas ao nos receber, muito carinhosas. O Lucas deu a mão pra uma delas e foi passear bem dado, louco pra ver a criançada. O problema: a turma da idade dele tem 14 já com 1 professora e 1 auxiliar. São meio rígidos com horário e isso me incomoda um pouco. Mas me senti acolhida, gostei do ambiente.
3) Mar.
Uma excelente escola, ambiente ótimo, organizados, limpos, estrutura nota dez. Também fomos muito bem recebidos e me parece um local perfeito só que...
O Lucas entraria pelas regras na turma que faz 1 ano este ano. Ele já fez, pois é de janeiro. Nessa turma tem uma bebê de 5 meses, outros pequeninos e que anda só um pitico que recém aprendeu. Por esse motivo essa turma fica o tempo todo na sala, não vão para o pátio. Nem tem vaga, mas tb não dá. O Lucas já corre, anda de ré, escala sofá, se movimenta o tempo todo e não aguenta ficar em casa por exemplo, precisa passear mais de uma vez por dia, sair de casa pra andar, gastar energia. Não vou trancar ele numa sala menor q o apartamento. E a outra turma se parece mais com ele, mas são maiores. Vão me ligar pra ver se abrem vaga nessa turma maior e ano que vem ele repeteria essa fase. Hunf. Sei não.

Ainda vou visitar mais uma escola, mas que atende de 0 a 5 anos apenas e é longe, bem longe de onde moramos, mas dizem ser muito boa, então vou conhecer. Tem muitas outras escolas na cidade, mas selecionei essas pra visitar pelas indicações que tive. Não coloquei o nome completo, preferi não identificar.

Fomos visitar sem pressa, sem correria, pensando no meio do ano, e o bom foi sentir o quanto vai ser positivo pra ele, que tem sede de brincar com os outros, que precisa muito de espaço e atividades já que aprende muito rápido e pede sempre mais. Falta agora pensar bem e decidir aonde colocar.
Que bom contar com boas escolas na cidade e poder escolher com calma.

Estou bem confiante e cheia de orgulho do meu filhote.

5 comentários:

Gabi disse...

Amiga, coloca no Marista, no infantil 2, por favor, né? Só o que faltava colocar na turminha da Rose que só tem bebês mesmo... Escolhe a Sonita, que é a das gêmeas ou a Zane, que é uma amada também. No outro ano, ele vai tocando direto, se precisar mesmo, ele repete quando estiver entrando no primeiro ano!
Beijo, beijo!
Gabi

Neide Medeiros disse...

Oi Vanessa Cavasotto Leite! A escolinha do meu Lucas é longe da tua casa, mas, te recomendo de olhos fechados. É a Dom Titon. Professoras super atenciosas, ambiente super show e uma coisa que considero super importante, não é a criança que se adapta a escola e sim a escola que se adapta a criança. Como diz a Ivana Garcia Pereira Titoni, eles deixam a rigidez do ensino para a idade certa, quando vão para o primeiro ano, até lá deixa os pequenos serem crianças em toda sua liberdade. E se teu pequeno gosta de gastar energias,,, ah, isso ele vai fazer no pátio e na brinquedoteca, cheios de brinquedos. Ah, e na areia azul! kkkk desculpe o post merchan, mas como já passei por essa fase acho super importante os depoimentos de mães sobre as escolas. Nos ajudam muito. bjs pra vc e o seu Lucas

Carla Domingos disse...

Acredita que eu não pesquisei nem visitei outras escolinhas antes de colocar o Davi na Pingo? Minha sobrinha já estudava lá, eu sempre ia busca-lá e ficava por lá vendo tudo, conversando com as profes... Ai coloquei o Davi lá. Mas esse ano os donos da Pingo venderam a escolinha pra um grupo que tem um colégio aqui em Palotina, o CEEDUC, agora a Pingo é Ceeduc Junior! de 0 a 5 anos. Nessa transição estavam todos perdidos e muita bagunça, desorganização.. até todos se adaptarem foi punk. ai sim que fui visitar outra escola, pra ver se eu é que estava implicante. Mas nao gostei, por mais que o patio fosse enorme e a escola tb, a sala que o Davi ficaria seria minuscula, tipo 3 x 3...e ainda a diretora falou mal da escola que o Davi esta. Achei falta de etica. Mas ai tudo de encaixou na Ceeduc Jr, agora esta otimo, nao troco por nada. As profes do Davi sao una amores, nunca vi igual. Tem umas 17 criancas, 2 profes e 2 auxiliares. Tem rotina todo dia. Quando chegam todos os alunos vao pro pátio na hora da roda. Eh bom pra se enturmarem e o Davi ama ficar com os maiores e cantando... Na sala dele tem dois que andam, agora que ele anda sao 3. Os outros sao bebes de 5 meses pra cima... acho ruim misturar, mas todos se divertem e no meio do ano o Davi troca de turam, vai pro berçario 2, com os que andam até 2 anos. Ai ano que vem ele vai pro Maternal 1. Uma dica é antes de coloca-lo na escolinha escolhida, conversar com a diretora e profes que vc ficara com ele na salinha ou pela escola o tempo que achar necessario pra se adaptarem (vc e o Lucas).. na do Davi as profes viviam falando: podem deixar mãe, ele vai ficar bem" tipo querendo que eu fosse embora. Acho FUNDAMENTAL a mae ficar junto pelo menos uma semana, mesmo que a crianca nao chore. Ate pra mae ver como sao realmente as coisas por la. E espera um mes pelo menos pra comprar os uniformes, pq se vc desiste de colcoar na escolinha ou quer mudar, ai ja vai ter gastado UMAS notas.. rsrs mas nao deixe de comrpar depois, é muito melhor uniforme pq nao tem diferenca entre eles e tb nao "gasta" roupa boa...rsrs nossa, acho que vou copiar esse comentario e fazer um post.. hauhaua..bjinhos

Dani disse...

Nessa, como ele está gurizinho. Todo seguro de si!

Visitar escolas dá um trabalhão e vemos cada coisa que até Deus duvida. Uma coisa que eu sempre fico de olho é no trato aos alunos. Da professora a zeladora. É muito importante! Outra coisa, como são feitas as refeições.

E fiquei orgulhosa de ti, por ter preterido essa escola onde a professora já num primeiro momento rotulou. Coisa feia e antipedagógica.

Sabe que sempre tive preconceito com métodos tido como alternativos? mas foi a MELHOR coisa que fiz pelos meninos. Não tem aí só pra vc dar uma curiada uma Montessori ou Waldorf?

Beijo

Claudia disse...

Quando comecei a procurar escolinhas pra minha filha, sempre ia perto do horário de saída (17h00), que sempre é o mais complicado, só que são nessas horas que a gente consegue ver o que realmente acontece na hora de pico. O comportamento das profes e tal. Moro em Jlle/SC e tem várias e boas opções. Realmente te que escolher com calma e com critérios. Por fim, de tantas com "nomes" acabamos por escollher o Sesc. Nos surpreendeu, muiito bom, organizado, com uma estrutura ótima... estamos gostando. Bjs e boa sorte.