Original

myfreecopyright.com registered & protected

quarta-feira, 7 de março de 2012

Meu atleta e suas birras

Sabe filho, eu acho que você vai ser atleta! Quando conquista uma habilidade não fica satisfeito e vai atrás de um novo desafio.
Aos 11 meses saiu andando e em seguida já estava correndo.
A partir daí diariamente aparece com uma novidade.
Dança que é uma gracinha, adora o tche-tcherere-tchetche e uma baladinha titunz-titunz.
É eu colocar no canal de tv de música VH1 que começa a rodar, mexer a cabecinha pro ombro, cheio de charme.
E o perigo agora: escalar sofá!
Teu pai filmou a 1ª vez enquanto eu dormia, de manhã cedinho...Nossa, quanto esforço você fez e sem ajuda conseguiu, chegou lá em cima todo faceiro rs...Agora bastam 2 segundos e tu já tá lá em cima empurrando algum carrinho.

Também adora escorregar no chão. Anda sentado empurrando os pezinhos deslizando a bundinha no chão rs. Anda de ré!
Na pracinha só quer saber de andar pra todo lado e eu atrás doidinha cuidando pra não ires pro meio da rua.
Tá teimoso, faz birra, se joga no chão pra eu não te pegar quando estás indo onde não pode.
Ah, mas eu pego. Ignoro a cena sem te mostrar que isso me atinge, como se não tivesse vendo nada.
Depois te explico no colo que é perigoso, que machuca, o motivo que não deixei.
Tento deixar você ver que choro, gritinhos, esperneios, birras etc não funcionam. Zero poder. Não sei se estou no caminho certo, mas me sinto segura agindo assim. Não é não e ponto.
Não grito, tento ficar o mais calma possível.
Não quero ser permissiva demais nem chata que fica o tempo todo restringindo tudo.
Em casa tu faz toda bagunça que quiseres, mas proibo o que oferece perigo.
Ah, e quando tu queres pegar algum objeto que não pode também tem cenas de birra. Aí digo não, esse não pode e ofereço outra coisa que tu possa no lugar. O choro não dura 1 minuto assim. Se continuar mudo o foco, vou na janela contigo, mudo o ambiente, te distraio e logo passa.
Que fase!
Além de ser comum as birras começarem nessa idade, onde caminhando e tendo agilidade pra alcançar o que quer o bebê se acha muito independente e quer todas suas vontades na palma da mão, duas coisas nos desafiaram nas últimas semanas.
1-Os dentes sairam, aqueles dois eternos de baixo enfim rasgaram a gengiva e agora um de cima saiu também e já vejo outro embaixo perturbando meu pequeno.
2-A maldita troca de horário de verão que eu tanto gosto pro horário normal, bem na fase de transição do sono de duas sonecas pra uma, que já prejudica o soninho.
Parece que agora, quase 2 semanas depois, to conseguindo regular o soninho novamente.
Rotina
Tem dormido entre 19h30 e 20h numa boa, abraçadinho em mim como um anjo, mama lá pelas 3h, acorda pontualmente as 5h30 (sofro com isso) e faz duas noites que consegui que voltasse a dormir, não sem passar trabalho, até as 7h ou 7h30. Mama ali pelas 6h nesse meio tempo e "toma café"com a gente comendo frutinhas, suco e pãozinho (ama bisnaguinha). Tira sua soneca as 11h que dura de 1h30 a 2h30 e depois não dorme mais até a noite. (Haja atividades recreativas pra essa mãe aqui passar tantas horas entretendo este gurizinho). Janta as 17h45 e toma o mamazinho as 19h30 pra dormir.

...
Agora esquecendo as birras, tá demais de fofo, de gostoso, de carinhoso, de esperto, de lindo, de cheiroso, de divertido, de querido!
Brinca numa boa com as outras crianças, se mostra super sociável e sempre carinhoso, um amor!
Fala cacaca, mama e papa cheio de movimentos esforçando pra falar rs, mas o que mais fala e perfeitamente é dá de dar, querendo coisas! Oh God!
Tá bem apegado no papai, pede colo pra ele na hora que percebe que ele vai sair pra trabalhar, abraça apertado não querendo soltar pra ele não ir embora. Chora, o Beto tem que voltar, dar mais uns chamegos, ai distraimos ele pro Beto poder ir trabalhar. Tão fofo isso!
...
Nota:
Esqueci de postar, pois não dá tempo e quando tenho tempo estou com o Beto a noite:
Fomos a praia, mas ficamos poucos dias, pois fiquei muito cansada com esse pequeninho que AMOU o mar e não queria sair da água. Adorou as ondas, se divertiu muito! Adorou a casa da vó Marlene, se balançar na rede, empurrar carrinhos no quintal, tomar banho de piscina!
Olha que teimoso, adorava enfiar o rosto todo na água e tomar e a gente dizia nãaaaooooo, Lucas, não pode, afoga ele na mesma hora fazia de novo, levantava o rostinho molhado e fazia não com o dedinho pra gente achando maior graça! Como não rir?

7 comentários:

Ana Júlia disse...

Que gracinha! É muito importante dar oportunidade para que o bebê possa experimentar o corpo em atividaes motoras variadas. O movimento é a única coisa que integra os dois hemisférios do cérebro. Parabéns pelo modo com estão conduzindo o desenvolvimento do Luke.

Beijos

Carla Domingos disse...

Amiga nao consigo ver o video aqui...mas o Lucas deve mesmo estar um amor!imagino a canseira (mais canseira) depois que ele comecou a andar...rsrs tb ofereco outra opcao pro davi quando ele nao pode mexer em alguma coisa (lixeiro do banheiro, controle remoto etc) assim nao digo simplesmente nao e deixo a tentacao na frente dele... tadinhos, ainda nao tem nocao..pra eles tb eh dificil neh!

Davi tb amou o mar, a areia... nao queria sair.. ainda nao ta andando, ta meio preguicoso... anda por tudo no carrinho que ganhou, segurando de pezinho (postei foto no face)...mas sozinho ainda nao...tem seu tempo...

bjinhos

Pris Scheidegger disse...

Nossa, é tanta novidade, né?! A gente nem entende como que, de uma hora pra outra, eles se tornam esses superboys...rsrs.
Lindo, o Luke!!! Bjsss

Claudia disse...

Muito legal, esse garoto é esperto. A minha bb tbm gosta do mesmo estilo de música hehe. Dança que se acaba. As vezes eles aprontam, só que fazem coisas que não tem como a gente não rir né? Muito boa essa fase.

cintia disse...

Como ele eh esperto! Demais da conta. Parabens pelo atleta lindo!

Dani disse...

Ai,que saudade que eu tava de ler sobre as peripécias desse gurizinho que eu amo tanto.

Lindo subindo no sofá. Como ele me lembra o Otto!!! <3

Sabe que fico o tempo inteiro perguntando sobre Criciúma pro Paulinho. Se fica pro norte ou pro sul, quanto tempo leva, se ele conhece, se ele não quer me levar lá...hahaha

Beijo bem grande

Eva Cavasotto disse...

Parabéns,Vanessa! Parabéns por ser essa mãe carinhosa e inteligente q proporciona momentos sinificativos de desenvolvimento para o Lucas!
Momentos de atividades ao ar livre, momentos de desafios...tudo regado com amor ,paciência e espaço para que
ele cresça emocionalmente seguro e feliz!
Nós, teus pais,temos muito orgulho de você!Bjs Mãe